Diferença entre (Trigoniformes)Trigonas e Meliponas

Diferença entre Trigoniformes(Trigonas) e Meliponas é principalmente na formação das rainhas. As abelhas do gênero Meliponas não constroem células reais enquanto que todos os outros gêneros, grupo denominado Trigoniformes, constroem células reais.

Diferença entre Trigoniformes(Trigonas) e Meliponas é caracterizado principalmente pela formação das rainhas. As abelhas nativas sem ferrão do gênero Meliponas não constroem células reais, assim a proporção genética determina o número de rainhas que devem nascer nos ovos disponíveis.

Assim as abelhas nativas sem ferrão do grupo de gêneros Trigoniformes constroem células reais que tem tamanho maior e recebem mais alimento que as células comuns. Essas células também são conhecidas como “Realeiras”, e dão origem a uma rainha virgem(princesa).


Faça parte do nosso Grupo de Whatsapp, Acesse o Link:


LEIA TAMBÉM NOSSOS ARTIGOS SOBRE:


Mais informações sobre as rainhas podem ser vistas no nosso artigo sobre Os tipos de Abelhas sem Ferrão.

Diferença entre Trigonas e Meliponas - Meliponas - Células Comuns
Diferença entre Trigonas e Meliponas – Meliponas – Células Comuns

 

Diferença entre Trigonas e Meliponas - Trigonas - Célula Real
Diferença entre Trigonas e Meliponas – Trigonas – Célula Real

 

Características  e diferenças entre Trigoniformes(Trigonas) e Meliponas

Meliponas:

  • Abelhas maiores;
  • Entrada da colônia construída com geoprópolis;
  • Constroem ranhaduras na entra da colônia;
  • Geralmente tem um vigia na entrada da colônia.
  • Princesa virgem(Rainha) por proporção genética

Trigonas:

  • Abelhas menores;
  • Entrada da colônia é construída com cera ou nenhum material;
  • Possuem patas traseiras maiores;
  • Geralmente possuem vários vigias na entrada da colônia.
  • Princesa virgem(Rainha) por célula real(realeira)

A divisão de enxames dos gêneros Trigoniformes e Meliponas tem procedimentos diferentes de execução. Nosso artigo sobre Divisão de Colônias detalha os procedimentos que devem ser adotados e todos os cuidados tomados para que a divisão do enxame seja correta e tenha maior chance de exito.

4 Comentários


  1. Boa tarde caros colegas, que prazer enorme contactar com Vos e por outro lado tirar Eu da escuridão da ignorância o meu muitíssimo obrigado.
    Sou pesquisador do Instituto Butantan – SP, estou desenvolvendo uma pomada com abelha Nativa Tubi do Município do Barra do Corda propriedade do Sr Wilson Amorim Melo.
    Já tenho ÓTIMOs resultados, estou muito feliz, se desejar mais informações estarei a disposição.
    No decorrer nos falaremos mais a respeito. Um forte abraço – Roberto

    Responder

  2. Ola,estou começando a entrar no mundo das abelhas nativas e sempre que vc s puderem gostaria de obter informaçaoes.Desde ja muito vos agradeço.
    Heidy Machado

    Responder

    1. Olá Heidy,
      O site possui bastante informações sobre a criação das abelhas nativas. Qualquer dúvida que você tenha, pode entrar em contato através da pagina de contato no site. Estaremos dispostos a esclarecer quaisquer dúvidas. Abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.