Categorias
Criação de Abelhas

Forídeos

Forídeos – Saiba como evitar forídeos em seu meliponário. Controle utilizando armadilha para forídeos. Como acabar com forídeos nos enxames.

Forídeos são pequenas moscas e pertencem a ordem Diptera (insetos com apenas um par de asas denominados moscas). Esse inseto é conhecido como o pior inimigo das abelhas sem ferrão por facilmente destruírem totalmente uma colmeia. E também por se espalharem com rapidez para os demais enxames, infestando totalmente o meliponário. Os adultos são muito ágeis, dentro de uma colmeia eles correm de um lado para o outro muito rapidamente.

Inimígos Naturais – Forídeos

Ciclo de vida dos Forídeos

Ao invadirem um enxame, as fêmeas depositam seus ovos, que podem chegar a 70 ovos por postura, nos potes de pólen abertos, nas crias mais novas com alimento exposto e na lixeira. Então ao eclodir os ovos, cerca de 3 dias após a postura, as larvas se alimentam do pólen estocado pelas abelhas. Em casos de grandes infestações as larvas consomem totalmente os favos de crias verdes, pois eles contem uma grande quantidade de alimento larval. O ciclo de vida dos forídeos pode se dar em períodos muito curtos, variando de 3 a 10 dias, dependendo das condições ambientais e a disponibilidade de alimento.

Como evitar forídeos

Controle de forídeos no meliponário é a melhor forma de como evitar uma infestação. Os meliponicultores devem manter o meliponário sempre limpo, livre de materiais em decomposição e caixas antigas vazias. Durante as revisões não se deve danificar os potes de pólen e as crias. Assim quando é feita a divisão de enxames, as novas colmeias  devem ficar muito populosas e sem potes de pólen. Então as armadilha devem ser espalhadas nas proximidades do meliponário. Em divisões de enxames é recomendado colocar uma armadilha dentro da caixa para capturar os que consigam passar pela frágil segurança de um novo enxame.

Como acabar com forídeos

Caso seu enxame esteja com uma infestação, é recomendado que seja feita a transferência do enxame para uma caixa nova limpa. Assim, elimine todos os potes de pólen e discos de cria atacados pelas larvas. Portanto nesta caixa nova deve-se colocar uma armadilha para forídeos e alimentação. Contudo, caso não seja possível fazer a transferência para uma nova caixa, deve ser retirado todos os potes de pólen e discos de cria atacados. Então limpe toda a sujeira da lixeira, remova todas as larvas e coloque uma armadilha. Nos primeiros dias após a limpeza, monitore a colmeia diariamente.

Armadilha para Forídeos

A confecção de armadilha para forídeos é bastante simples. Basta fazer furos na lateral de um pote. Então esses furos dever ser de tamanho suficiente para a entrada dos forídeos porém não devem permitir a entrada das abelhas. Geralmente o tamanho de um prego fino é o suficiente.

Armadilha para Forídeos

Dentro do pote deve ser colocado 1 gota de detergente e vinagre de maça. O vinagre de maça tem o cheiro muito semelhante ao do pólen, assim atrai os forídeos para dentro da isca. A gota de detergente é fundamental para o funcionamento da armadilha para forídeos pois assim o inseto que cai na solução afunda e se afoga.

20 respostas em “Forídeos”

Tenho dois de ASF foi importante essa informação, obrigado.

Obrigado pela informação! com certeza será de grande ajuda!

Gosto muito da maneira extremamente simples que vcs explicam os vários assuntos, ate eu que estou apreendendo tudo do zero consigo entender facilmente

Olá Tiago, muito obrigado pelos elogio. Nosso objetivo é transmitir as informações sobre abelhas da maneira mais simples e didática possível! Seja bem vindo ao mundo das abelhas nativas! Abraço!

Muito obrigado Rafael, pelo ensinamentos que acaba de me compartilhar.

Estou muito triste, cortaram uma árvore antiga ao lado da minha casa e o enxame de jataizão ficou na calçada então pegamos as partes onde elas estavam. Colocamos provisorio na caixa de isopor e uma de papelão. Quando consegui a casa pra elas tava infestada de bigatinhos e essas mosquinhas malditas. Agora vejo poucas abelhas na garagem e tenho medo de abrir a casa delas, deve ta cheia de moscas e talvez elas mortas e foram embora. Não sabia peguei por pena delas

Olá Maria de Lourdes, infelizmente dependendo do nível de infestação fica muito difícil salvar a colônia. O procedimento é a limpeza de todas as larvas e o constante monitoramento.

Aqui na minha chacara tem muito essa mosca forideos,ela reamente contamina na transferencia ,consegui eliminar com iscas de vinagre de maca cologado tentro do ninho,Horizontina rs.

Bom dia. Notei a dias a presença dessas moscas em meu bairro mas sem exagero o bairro inteiro está infestado. Quando chega a. Noite elas aparecem não sei de ondem mas onde há luz lá estão elas. Nunca vimos este inseto por aqui por isso pesquisamos e encontramos suas informações e por conhecidencia hoje fomos olhar uma colmeia de.jatai que a.anos tínhamos aqui em nosso murro de.arrimo sim onde deixamos o suspiro para a água de chuva sair elas fizeram sua colmeia. Mas independente quando fui olhar hoje não tinha nenhuma abelha né. Entrando nem saído então resolvi mexer e quando expus a colmeia minha surpresa totalmente vazia e cheia de larvas lá dentro. Você acha que devemos preocupar com essa quantidade de mosquinha exatamente agora minha sala aqui está cheia motivo da luz acesa. O que devemos fazer pode nos orientar.?

Olá Marco, que pena que está colônia natural foi perdida. Mas você pode fazer a isca para forideos para tentar diminuir está infestação. Basta fazer pequenos furos em uma garrafa pet e colocar dentro vinagre de maçã e algumas gotas de detergente. Os forideos são atraídos pelo cheio do vinagre e acabam morrendo afogados na solução. Abraço

Alguma dica para realizar a transferência do enxame para uma caixa nova limpa sem perder abelhas? Quando abro a caixa para fazer a limpeza dos forídeos muitas abelhas saem voando…

Por que elas saem voando ué, as campeiras não ficam comportadas dentro da caixa

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.