Forídeos

Forídeos – Saiba como evitar forídeos em seu meliponário. Controle de forídeos utilizando armadilha para forídeos. Ciclo de vida dos forídeos e como acabar com forídeos nos enxames.

Forídeos são pequenas moscas e pertencem a ordem Diptera (insetos com apenas um par de asas denominados moscas). Esse inseto é conhecido como o pior inimigo das abelhas sem ferrão por facilmente destruírem totalmente uma colonia e também por se espalharem com rapidez para os demais enxames, infestando totalmente o meliponário. Os forídeos adultos são muito ágeis, dentro de uma colmeia eles correm de um lado para o outro muito rapidamente.

Inimígos Naturais - Forídeos
Inimígos Naturais – Forídeos

Ciclo de vida dos Forídeos

Ao invadirem um enxame, os forídeos fêmeas depositam seus ovos, que podem chegar a 70 ovos por postura, nos potes de pólen abertos, nas crias mais novas com alimento exposto e na lixeira. Ao eclodir os ovos, cerca de 3 dias após a postura, as larvas dos forídeos se alimentam do pólen estocado pelas abelhas. Em casos de grandes infestações as larvas de forídeos consomem totalmente os favos de crias verdes, pois eles contem uma grande quantidade de alimento larval. O ciclo de vida dos forídeos pode se dar em períodos muito curtos, variando de 3 a 10 dias, dependendo das condições ambientais e a disponibilidade de alimento.

Como evitar forídeos

Controle de forídeos no meliponário é a melhor forma de como evitar uma infestação de forídeos. Os meliponicultores devem manter o meliponário sempre limpo, livre de materiais em decomposição e caixas antigas vazias. Durante as revisões não se deve danificar os potes de pólen e as crias. Quando é feita a divisão de enxames, as novas colonias devem ficar muito populosas e sem potes de pólen. Armadilha para forídeos devem ser espalhadas nas proximidades do meliponário. Em divisões de enxames é recomendado colocar uma armadilha para forídeos dentro da caixa para capturar forídeos que consigam passar pela frágil segurança de um novo enxame.

Como acabar com forídeos

Caso seu enxame esteja com uma infestação, é recomendado que seja feita a transferência do enxame para uma caixa nova limpa, eliminando todos os potes de pólen e discos de cria atacados pelas larvas. Nesta caixa nova deve-se colocar uma armadilha para forídeos e alimentação. Caso não seja possível fazer a transferência para uma nova caixa, deve ser retirado todos os potes de pólen e discos de cria atacados. Limpar toda a sujeira da lixeira, remover todas as larvas e colocar uma armadilha para forídeos. Nos primeiros dias após a limpeza, monitore a colmeia diariamente.

Armadilha para Forídeos

A confecção de armadilha para forídeos é bastante simples. Basta fazer furos na lateral de um pote, esses furos dever ser de tamanho suficiente para a entrada dos forídeos porém não devem permitir a entrada das abelhas. Geralmente o tamanho de um prego fino é o suficiente.

Armadilha para Forídeos
Armadilha para Forídeos

Dentro do pote deve ser colocado 1 gota de detergente e vinagre de maça. O vinagre de maça tem o cheiro muito semelhante ao do pólen, assim atrai os forídeos para dentro da isca. A gota de detergente é fundamental para o funcionamento da armadilha para forídeos pois assim o inseto que cai na solução afunda e se afoga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.