Arquitetura dos ninhos

Arquitetura dos ninhos é constituída por dois elementos principais,o ninho e os potes de alimento. Cada espécie projeta seu ninho com suas características. Arquitetura dos ninhos – São variados os locais onde os meliponíneos instalam suas colônias. Algumas espécies podem nidificar em cavidades no solo, em cupinzeiros ou formigueiros(abandonados ou ativos), em ninhos de pássaros desativados ou cavidades de construções feitas pelo Homem. Outras constroem ninhos expostos ou semi-expostos em galhos de árvores ou fendas em rochas. Entretanto, a maior parte das espécies constrói seus Continue lendo

Materiais de construção

Materiais de Construção – Uma colônia de abelhas é construída com diversos materiais, retirados da natureza e produzidos ou processados dentro da colônia. Materiais de construção – Uma colônia de abelhas sem ferrão é construída com diversos materiais. Alguns deles são retirados da natureza – como o barro e o própolis – e outros são produzidos ou processados dentro da colônia, como a cera, o cerume e o geoprópolis. A maior parte das estruturas internas de uma colônia é construída com cerume, material formado pela Continue lendo

Tipos de Abelhas

Tipos de Abelhas

Tipos de abelhas – Existem três tipos básicos de indivíduos: as rainhas (poedeiras ou virgens) e as operárias – ambas fêmeas – e os machos. Tipos de abelhas – Existem mais de 20 mil espécies de abelhas pelo Mundo. Essas espécies são divididas em famílias de acordo com características semelhantes e maior ou menor proximidade evolutiva. As famílias Stenotritidae, Oxaeidae, Melittidae, Ctenoplectridae e Fideliidae apenas contém espécies de abelhas solitárias. Nas famílias Colletidae, Andrenidae, Halictidae, Anthophoridae e Megachilidae também predominam as espécies solitárias, mas todas Continue lendo

Biologia

Biologia Entender um pouco da biologia das abelhas é fundamental para orientar sua criação. A seguir serão apresentadas características gerais desses insetos, em especial os elementos que o meliponicultor encontra quando abre as suas colmeias e deve saber lidar para o bom manejo do dia-a-dia.

Classificação e Distribuição

As abelhas sem ferrão são insetos sociais de grande diversidade e ampla distribuição geográfica. Nas últimas décadas, diversas propostas de classificação zoológica destas abelhas foram propostas. A classificação utilizada aqui(que não adota uma linguagem estritamente científica), embora não seja a mais atualizada, é a mais didática, e separa essas abelhas em dois grupos distintos: os Meliponini e os Trigonini. Essa separação é importante para o entendimento de características específicas do manejo que serão apresentadas mais adiante. As abelhas sem ferrão, ou meliponíneos, ocorrem em grande Continue lendo

Importância das Abelhas Nativas

A importância das abelhas nativas vai além da produção de mel. Abelhas produzem cera, própolis e polinizam as plantas que é essencial para o mundo. A importância das abelhas nativas – Entre os insetos, existem dois grupos que ocupam uma posição destacada de valor econômico para o homem: o bicho-da-seda, por produzir uma fibra de alto valor comercial, e as abelhas pelo mel. Apesar de serem predominantemente conhecidas como produtoras de mel, as abelhas também fornecem cera, própolis, pólen, geleia real, entre outros, e podem ser Continue lendo

Meliponários

Meliponários

Meliponários, Coletivos e Individuais. Entenda o significado e as diferenças dos modelos utilizados para a criação de abelhas nativas. Saiba as condições necessárias para a instalação dos Meliponários. Meliponários são chamados os locais onde são instaladas as colmeias de meliponíneos. É diferente de apiário, onde são instaladas as caixas das abelhas Apis Mellifera. Não existe um padrão para definir um bom meliponário. Assim as condições específicas de cada localidade e a criatividade do meliponicultor definem a busca pelos seus principais objetivos: dar conforto para as Continue lendo